Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

Curiosidades

Entenda: Barreiras e obstáculos


110 metros com barreiras

Agência Luz/BM&FBOVESPA
Luís Fernando Imanaka: barreiras

O percurso de 110 metros é disputado em linha reta, com dez barreiras dispostas a intervalos de 9,14 m. A primeira barreira é colocada 13,72 m depois da linha de largada; a última, a 14,02 m da linha de chegada. Derrubar a barreira não desclassifica o atleta. A prova nessa distância é disputada apenas no masculino e as barreiras têm 1,06 m de altura.

 

100 m com barreiras
Prova reservada às mulheres. O percurso, de 100 m, também tem dez barreiras, dispostas em intervalos de 8,5 m. A primeira é colocada 13 m depois da linha de largada; a última, a 10,5 m da linha de chegada - as barreiras têm 0,76 m de altura. Como no masculino, derrubar a barreira não desclassifica o atleta.

 

400 m com barreiras
Prova disputada no feminino e no masculino. Os atletas completam uma volta na pista e a linha de largada é escalonada, de modo que os que correm do lado de dentro da curva percorrem a mesma distância dos que correm do lado de fora da curva. As dez barreiras são colocadas em intervalos de 35 metros, com a primeira 45 m após a linha de partida e a última a 40 m da linha de chegada. Aqui também derrubar a barreira não desclassifica o atleta. Para os homens, as barreiras têm 91 cm de altura; para as mulheres, 76 cm.

 

 

 

3 mil metros com obstáculos

Agência Luz/BM&FBOVESPA
3 mil metros com obstáculos


A prova é disputada no feminino e no masculino. Ao longo do percurso são dispostos barreiras e um fosso d'água. Na prova, cada atleta deve ultrapassar 28 vezes as barreiras e sete vezes o fosso d'água. Para as mulheres, as barreiras têm 76 cm de altura; para os homens, 91 cm. O fosso, obrigatoriamente colocado logo depois de uma barreira, tem 3,66 m de comprimento e seu fundo é inclinado, começando com 70 cm e chegando ao nível da pista no final.

 

História
A origem das provas de barreiras e obstáculos é totalmente britânica, provavelmente relacionada às competições hípicas, e data de meados do século 19. No início, as barreiras eram simples toras de madeira cravadas no chão. A corrida de obstáculos (steeplechase, em inglês), foi introduzida no programa esportivo da Universidade de Oxford em 1860.



Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff