Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

Curiosidades

IAAF divulga o sistema de qualificação e índices de inscrição para o Mundial de Pequim


O índice B deixa de existir e foi estabelecido o número ideal de atletas no início de cada prova; o prazo para as inscrições finais vai até 10 de agosto


Reprodução

A IAAF divulgou o sistema de qualificação e os índices de inscrição de atletas para o Campeonato Mundial de Atletismo de Pequim, de 22 a 30 de agosto de 2015, conforme aprovados pelo Conselho da entidade em novembro de 2014. Para as provas individuais, o prazo de qualificação começou a contar em 1º de outubro de 2014 e termina em 10 de agosto de 2015, para inscrições finais e fechamento. Para os 10.000 m, maratona, marcha atlética, revezamentos e provas combinadas, o prazo começou a valer em 1º de janeiro de 2014 e vai, também, até 10 de agosto de 2015 para inscrições finais e fechamento. Para a CBAt, o prazo final para a obtenção de índices é 25 de julho, com a data para a maratona e marcha atlética 50 km terminando um pouco antes, em 24 de maio.

 

A IAAF revisou os critérios de entrada e participação em suas competições, que já valem para o Mundial de Pequim. A principal mudança é a introdução de um número ideal de atletas que iniciam a disputa de cada prova, qualificados por um sistema de classificação que, basicamente, combina a obtenção de índice (o índice B deixa de existir) e convite baseado no ranking.

 

Para o Mundial de Pequim, a IAAF estabeleceu um número ideal de atletas por prova. Serão 56 competidores nos 100 m e 200 m, 48 nos 400 m e 800 m; 45 nos 1.500 m e 3.000 m com obstáculos; 40 nas provas com barreiras (100 m, 110 m e 400 m); 32 nas provas de campo e combinadas; e 16 equipes nos revezamentos.

 

Nas provas individuais, os atletas podem se qualificar de quatro maneiras:

. Automaticamente, ao atingir o índice de inscrição no período de qualificação

. Com base na posição de chegada em competições designadas

. Por wild card (convite), reservado ao atual campeão mundial ou da Diamond League e ao campeão do Desafio de Lançamento do Martelo

. Ser um dos atletas mais bem classificados no final do período de qualificação (para preencher as vagas restantes, até atingir o número alvo de atletas por prova estabelecidos pela IAAF). Isso não se aplica às provas de 5.000 m, 10.000 m, maratonas e marcha atlética

 

No caso dos revezamentos, já estão qualificadas as oito equipes finalistas no Mundial de Revezamentos de Nassau - o Brasil tem vaga no 4x100 m e no 4x400 m, no feminino e no masculino. Para preencher as vagas restantes, as equipes têm de estar entre as mais bem classificadas no final do prazo de qualificação.

 

 Veja os índices:

 

 

 

 

 

 

 



Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff