Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

Curiosidades

A corrida pelo sonho olímpico


Os candidatos a representar o País nos Jogos de Londres, principal competição da temporada, não medem esforços para conquistar os índices exigidos


A Olimpíada de Londres, de 27 de julho a 12 de agosto, é o evento mais importante da temporada para o atletismo. No mundo todo, os atletas se agitam na corrida pela obtenção dos índices, ninguém mede esforços para tentar realizar o sonho olímpico. No atletismo, tudo é feito com antecedência e os critérios de convocação dos representantes brasileiros em Londres foram aprovados pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) em dezembro de 2009.

 

Para chegar às marcas mínimas de classificação para Londres, a CBAt se baseou nos três últimos Mundiais ou Jogos Olímpicos - no caso, a Olimpíada de Pequim/2008 e os Mundiais de Berlim/2009 e Daegu/2011 - e estabeleceu os índices com base na média da 12ª colocação nessas competições. Depois de decididos os índices, os atletas têm um prazo para conquistá-los.

 

Para algumas das provas que estarão em disputa na Olimpíada, aquelas mais desgastantes, em que o tempo de recuperação do atleta entre uma disputa e outra precisa ser maior, o prazo para a obtenção das marcas começou em 2011. Assim, para a maratona e a marcha atlética 50 km (esta disputada apenas no masculino), o prazo para a conquista do índice, que teve início em 5 de setembro de 2011, termina em 29 de abril. Com isso, os competidores que se classificarem para Londres também terão tempo de recuperação até os Jogos. Para os 10 mil m, a marcha atlética 20 km e as provas combinadas (decatlo e heptatlo), o prazo de obtenção de índice, que começou em 1º de outubro de 2011, vai até 1º de julho de 2012.

 

Nas provas individuais, os atletas têm de 1º de janeiro a 1º de julho para tentar garantir a vaga em Londres. Serão convocados até três atletas por prova, desde que tenham o índice da CBAt - quando os índices estabelecido pela CBAt forem inferiores aos índices A ou B da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), prevalecerão as marcas da entidade internacional.

 

Em dezembro de 2011, o Conselho Técnico da CBAt introduziu novos critérios de classificação para Londres/2012. Assim, os atletas que terminaram 2011 entre os dez primeiros do ranking da IAAF nas provas individuais, com marcas correspondentes, no mínimo, ao índice B da entidade, têm vaga assegurada na Olimpíada. Para a maratona e a marcha atlética 50 km, garantem vaga os que terminaram 2011 entre os 30 primeiros da classificação.

 

Desempate e revezamentos

 

Se, em qualquer prova, houver mais de três atletas com índice, serão convocados o campeão do Troféu Brasil de 2012 (marcado para 27/6 a 1º/7) e os dois primeiros colocados do ranking brasileiro adulto. No caso de o campeão do Troféu Brasil estar também entre os primeiros do ranking, será convocado o atleta imediatamente abaixo na classificação.

 

No caso dos revezamentos (4x100 m e 4x400 m), é preciso, antes, que a equipe esteja entre as 16 primeiras do ranking mundial. O lugar na tabela também vai definir o número de integrantes e as cinco primeiras colocadas terão direito a inscrever seis atletas na disputa olímpica. Para o 4x100 m, os dois primeiros do ranking brasileiros nos 100 m, os dois primeiros nos 200 m e os dois primeiros do Troféu Brasil nos 100 m. Para o 4x400 m, os três primeiros do ranking brasileiro nos 400 m e os três primeiros na distância no Troféu Brasil.

 

Já as equipes classificadas a partir da sexta colocação no ranking da IAAF poderão levar cinco atletas para Londres. No 4x100 m, os dois primeiros do ranking brasileiro nos 100 m e nos 200 m, mais o campeão do Troféu Brasil. No 4x400 m, os três primeiros do ranking nos 400 m e os dois primeiros na distância no Troféu Brasil.

 

Jogos Olímpicos de Londres/2012 - 3 a 12 de agosto

Índices mínimos exigidos pela CBAt

 

Provas

Masculino

Feminino

100m

10s16

11s22

200m

20s51

22s84

400m

45s17

51s17

800m

1min45s92

1min59s83

1.500m

3min36s83

4min07s17

5.000m

13min27s00

15min15s15

10.000m

28min05s00

31min41s78

110m c/barreiras

13s46

100m c/barreiras

12s85

400m c/barreiras

49s18

55s46

3.000m c/obstáculos

8min19s35

9min29s36

20km Marcha Atlética

1h21min59

1h31min17

50km Marcha Atlética

3h49min32

4x100m

39s20 (1) (2)

43s83 (2)

4x400m

3min04s00 (1) (2)

3min30s21 (2)

Salto em Altura

2,28 m

1,93 m

Salto com Vara

5,62 m

4,52 m

Salto em Distância

8,10 m

6,65 m

Salto Triplo

16,96 m

14,15 m

Arremesso do Peso

20,09 m

18,55 m

Lançamento do Disco

63,00 m

60,61 m

Lançamento do Martelo

76,08 m

69,97 m

Lançamento do Dardo

80,16 m

59,75 m

Decatlo

8.163 pontos

Heptatlo

6.193 pontos

Maratona

2h18min00

2h30min07

 

Observações:

1. Os índices referem-se à média da 12ª marca nos três últimos Campeonatos Mundiais/Jogos Olímpicos (Beijing 2008 - Berlim 2009 - Daegu 2011). Nas provas em que esta média é inferior ao índice "B" estabelecido pela IAAF, prevalece este último.

2. As provas assinaladas em VERMELHO são aquelas em que a média foi inferior ao índice "B" estabelecido pela IAAF ou superior ao índice B da IAAF, mas inferior ao "A" desta - neste caso, com este índice somente um (1) atleta por prova pode ser inscrito, para inscrição de mais atletas nestas provas, os mesmos devem obter o índice "A" da IAAF (verificar relação de índices estabelecidos pela IAAF)

3. As equipes dos revezamentos para serem convocadas terão que estar entre as 16 melhores do mundo, computados os resultados em competições reconhecidas para tal pela IAAF e dentro do prazo por esta estipulado - serão considerados os dois melhores resultados em tal período para serem convidadas as 16 melhores equipes pela IAAF.

Para melhor entendimento devem ser observados os critérios de convocação da CBAt para o evento em sua totalidade. Mais informações no link: http://www.cbat.org.br/selecoes/default.asp

 

 

Índices estabelecidos pela IAAF para os Jogos de Londres/2012 (aprovados pelo conselho da IAAF em abril/2011)

 

Provas

Masculino

Feminino


Índice A

Índice B

Índice A

Índice B

100 m

10s18

10s24

11s29

11s38

200 m

20s55

20s65

23s10

23s30

400 m

45s30 *

45s90 *

51s55 *

52s35 *

800 m

1min45s60

1min46s30

1min59s00

2min01s30

1.500 m

3min35s50

3min38s00

4min06s00

4min08s90

5.000 m

13min20s00

13min27s00

15min20s00 *

15min30s00 *

10.000 m

27min45s00

28min05s00

31min45s00

32min10s00

Maratona

2h15min00

2h18min00

2h37min00

2h43min00

3.000 m com obst.

8min23s10

8min32s00

9min43s00

9min48s00

110 m com barreiras

13s52

13s60



100 m com barreiras



12s96

13s15

400 m com barreiras

49s50

49s80

55s50 *

56s65 *

Salto em altura

2,31 m

2,28 m

1,95 m

1,92 m

Salto com vara

5,72m

5,60 m

4,50 m

4,40 m

Salto em distância

8,20 m

8,10 m

6,75 m

6,65 m

Salto triplo

17,20 m

5,60 m

14,30 m

14,10 m

Arremesso do peso

20,50 m

20,00 m

18,30 m *

17,20 m *

Lançamento disco

65,00 m

63,00 m

62,00 m

59,50 m

Lançamento martelo

78,00 m

74,00 m

71,50 m

69,00 m

Lançamento dardo

82,00 m

79,50 m

61,00 m *

59,00 m

Decatlo

8.200 pontos

7.950 pontos



Heptatlo



6.150 pontos

5.950 pontos

Marcha atlét. 20 km

1h22min30

1h24min30

1h33min30

1h38min00

Marcha atlét. 50 km

3h59min00

4h09min00



Revez. 4x100 m

16 primeiras equipes do ranking

16 primeiras equipes do ranking

Revez. 4x400 m

16 primeiras equipes do ranking

16 primeiras equipes do ranking

* Modificados pelo conselho da IAAF em novembro/2011




Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff