Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

Notícias

B3 Atletismo terá nove atletas e dois técnicos no Mundial de Revezamentos


Nomes como Vítor Hugo dos Santos e Vitória Rosa estarão na competição das Bahamas, dias 22 e 23 de abril; o principal objetivo é conquistar a vaga para disputa do Mundial de Londres, em agosto


Agência Luz/BM&FBOVESPA


São Caetano do Sul - A B3 Atletismo terá nove atletas na delegação do Mundial de Revezamentos, que será disputado em Nassau (Bahamas), nos dias 22 e 23 de abril - a convocação, com base no ranking nacional, foi divulgada nesta terça-feira (11/4/2017) pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).


A CBAt optou por chamar os cinco melhores colocados do ranking brasileiro e levar para Nassau apenas as equipes de revezamentos olímpicos - 4x100 m e 4x400 m. Assim, foram chamados os seguintes atletas da B3: Vítor Hugo dos Santos, Antônio César Rodrigues, Alexander Russo, Hugo Balduínio, Vitória Rosa, Tânia Ferreira da Silva, Jailma Sales de Lima, Jessica Roberti da Silva e Natallia Oliveira da Silva.


Vítor Hugo dos Santos, de 21 anos, tem se consolidado como o homem mais rápido do país: no ano passado, correu os 100 m em 10s11 e, em 2017, lidera o ranking nacional da prova com 10s28. Foi finalista olímpico do 4x100 m, assim como Alexander Russo e Hugo Balduíno, no 4x400 m. No feminino, Vitória Rosa, integrada ao Clube este ano, é a segunda melhor dos 100 m, enquanto Tânia Ferreira, atleta do salto em distância, fez boas provas nas pistas e garantiu a convocação no 4x100 m.


Objetivo do Mundial: garantir vaga para Londres


O Mundial de Revezamentos, que chega à sua terceira edição, garante a classificação para o Mundial de Londres, em agosto, aos oito países finalistas de cada prova. E, além dos atletas, a equipe B3 também tem dois técnicos convocados para a competição. Victor Fernandes, que também é técnico de Vítor Hugo dos Santos, será o responsável pelo 4x100 m masculino. Evandro Lazari, que orienta Alexander Russo, Hugo Balduíno e Natallia Oliveira da Silva, é o técnico do 4x400 m.


Os dois técnicos destacam a importância do Mundial para a classificação para Londres e, também, as novas configurações das equipes. "Teremos uma formação diferente em relação àquela que foi finalista na Olimpíada do Rio. Mas vamos com uma equipe forte, com chance de brigar entre os seis primeiros", disse Evandro.


Já Victor destaca a nova geração de velocistas que estará em Nassau - Vítor Hugo tem 21 anos e Antônio César, 24. "É o início de um projeto para Tóquio/2020. Vamos ter uma mescla, com jovens que já estão na categoria adulta e dois atletas juvenis. Estou esperançoso de que vamos correr com uma boa marca."


O clube B3 Atletismo, comprometido com o desenvolvimento do Brasil pelo esporte, tem parceria com CAIXA, Prefeitura de São Caetano e Nike.



Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff