Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

Notícias

Campeões sul-americanos, Mariana e Paulo Sérgio estão mais perto do Mundial de Londres


Integrantes da B3 Atletismo conquistaram ouro no lançamento do martelo e no salto em distância, respectivamente, no Sul-Americano de Assunção neste sábado (24/6/2017); Darlan Romani, também campeão, lançou acima de 21 m pela segunda vez no ano


Osvaldo F./B3 Atletismo


São Caetano do Sul - Mariana Marcelino e Paulo Sérgio Oliveira, da B3 Atletismo, foram campeões do lançamento do martelo e do salto em distância, respectivamente, no Campeonato Sul-Americano de Assunção (Paraguai), neste sábado (24/6/2017). Com o resultado, os dois atletas se aproximam do Mundial de Londres, que será disputado em agosto.


O campeão continental tem vaga garantida em Londres desde que, ao fim do prazo para a obtenção de índices (23 de julho), esteja entre os 40 melhores do ranking olímpico (que conta no máximo três atletas por país), segundo critério definido pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).


Confira os resultados do Campeonato Sul-Americano de Atletismo!


Mariana, de 24 anos, conquistou a medalha de ouro com a marca de 66,83 m. Ela é, atualmente, a 42ª atleta do ranking olímpico, graças aos 67,02 m que obteve no Troféu Brasil - a marca é recorde brasileiro da prova, que a catarinense já bateu três vezes este ano.


Paulo Sérgio, o Paulinho, também de 24 anos, venceu o salto em distância com 7,93 m. Ele ocupa a 27ª posição do ranking olímpico com o resultado de 8,03 m obtido em 20 de maio, na Etapa Regional Estadual Adulto, em Campinas.


Darlan e Núbia confirmam favoritismo no Paraguai


Recordista sul-americano do arremesso do peso (21,82 m), Darlan Romani lançou pela segunda vez no ano acima dos 21 metros. Em Assunção, venceu com 21,02 m, recorde da competição e mesma marca que lhe garantiu o 5º lugar na Olimpíada do Rio, no ano passado. Na sexta-feira, Núbia Soares também conquistou o ouro no salto triplo, com 14,42 m, resultado obtido com muito vento (4,2 m/s). 


Também conquistaram medalhas no Paraguai nos dois primeiros dias de competição: Fernando Ferreira (salto em altura, 2,19 m), Fernanda Borges (lançamento do disco, 60,80 m) e Lutimar Abreu Paes (800 m, 1min50s27) foram prata, e Tatiane Raquel da Silva foi bronze nos 3.000 m com obstáculos (10min34s23). Vitória Rosa e Alexander Russo foram campeões do revezamento 4x100 m da equipe brasileira.


Neste domingo, último dia de provas do Sul-Americano, entram em ação os seguintes atletas da B3: Vitória Rosa (200 m), Wagner Domingos (lançamento do martelo), e os velocistas Hugo Balduíno, Alexander Russo, Jailma Sales de Lima e Jéssica Roberti no revezamento 4x400 m. 


O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA agora é B3 Atletismo. A mudança de nome da equipe é consequência do nascimento da B3 S.A., resultado da combinação de atividades entre BM&FBOVESPA e Cetip, efetivada em 30 de março de 2017.

A B3 Atletismo, comprometida com o desenvolvimento do Brasil pelo esporte, tem parceria com CAIXA, Prefeitura de São Caetano e Nike.



Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff