Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

Notícias

Clube BM&FBOVESPA encerra ciclo com novos cargos para Fabiana e Marílson e premiação a Thiago Braz


Evento realizado na sede da BM&FBOVESPA nesta quinta-feira homenageou os finalistas olímpicos do Clube, anunciou a permanência de Fabiana Murer e Marílson Gomes dos Santos e premiou o campeão olímpico Thiago Braz, ex-atleta da equipe, com 1kg de ouro


Rafael von Zuben/BM&FBOVESPA
Vanderlei Cordeiro de Lima, o Diretor Presidente Edemir Pinto, Fabiana Murer e Marílson Gomes dos Santos: novos desafios em 2017


São Paulo - O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA encerrou o ciclo dos Jogos de 2016 com um evento, nesta quinta-feira (25/8/2016), que homenageou os atletas finalistas olímpicos, anunciou a permanência de Fabiana Murer e Marílson Gomes dos Santos na equipe após o término de suas carreiras, a partir de 2017, e também premiou o campeão olímpico Thiago Braz (que foi atleta do Clube entre 2010 e 2014) com uma barra de ouro de 1 kg.


A Olimpíada do Rio, terminada no domingo, marcou também a despedida de Fabiana Murer e de Marílson Gomes dos Santos das pistas. Mas, a partir do ano que vem, os dois campeões exercerão novas funções dentro do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. A novidade foi anunciada pelo Diretor Presidente da BM&FBOVESPA, Edemir Pinto.


"Estes dois atletas do nosso Clube são símbolo de competência, profissionalismo, sucesso e correção. Todas as suas conquistas foram e sempre serão um exemplo para o nosso Clube e o nosso país. Gostaria de anunciar em primeira mão que Fabiana e Marílson seguem conosco, a partir do ano que vem", afirmou o Diretor Presidente.


Fabiana Murer, de 35 anos, duas vezes campeã mundial e da Diamond League no salto com vara, exercerá o cargo de manager institucional - será responsável, entre outras funções, pelo relacionamento do Clube com federações e confederações nacionais e internacionais.


"O esporte mudou a minha vida. Graças ao apoio que tive, pude me desenvolver e também desenvolver o salto com vara no Brasil. Passei a sair do país para competir, e fui aprendendo ao longo dos anos, junto com o Elson (Miranda, técnico), a ver como era o mundo. Quero levar toda essa experiência para o futuro e por isso aceitei o convite", disse a saltadora. "Estou muito contente. Vou começar uma nova etapa na minha vida, em que vou trabalhar com a mesma dedicação".


Marílson Gomes dos Santos, de 39 anos, bicampeão da Maratona de Nova York, tricampeão da São Silvestre e recordista sul-americano dos 5.000 m, 10.000 m e meia-maratona, trabalhará junto às categorias de base do Clube, compartilhando sua experiência com os jovens atletas. "Será um prazer continuar no Clube e contribuir de alguma forma com toda a experiência que adquiri em 27 anos de atletismo. Vou sentir muita falta daquela adrenalina pré-competição, mas agora é um momento de mudança. Estou feliz por ficar no atletismo, e quero ajudar os jovens atletas a conseguir os melhores resultados mundo afora."


Vanderlei Cordeiro de Lima, padrinho do Clube, parabenizou os atletas pelas novas funções que exercerão. "Eu gostaria de agradecer a Fabiana e o Marílson pela grande contribuição que deram não só a Clube, mas ao esporte brasileiro, e pelo grande legado que estão deixando. Agora começa um período de transição de carreira, que é difícil, mas também começa um novo ciclo de contribuição para o nosso Clube e o nosso esporte."


O Diretor Presidente da BM&FBOVESPA, Edemir Pinto, também ressaltou os resultados dos atletas finalistas do Clube na Olimpíada do Rio, em especial Darlan Romani, que foi 5º colocado no arremesso do peso e bateu o recorde brasileiro duas vezes, após 80 anos de ausência de um brasileiro na prova, e Wagner Domingos, o Montanha, que se classificou à final do lançamento do martelo (terminou em 12º lugar) depois de um hiato de 84 anos. Luiz Alberto de Araújo, 10º no decatlo, bateu seu recorde pessoal na prova (8.315 pontos); Vitor Hugo dos Santos e Ricardo Mário de Souza, integrantes do revezamento 4x100 m, terminaram na 6ª colocação; e Alexander Russo e Hugo Balduíno, ficaram em 8º no revezamento 4x400 m.


A BM&FBOVESPA também reconheceu o excelente resultado de Thiago Braz, campeão e recordista olímpico do salto com vara com a marca de 6,03 m. O atleta de 22 anos fez parte do Clube entre 2010 e 2014, período em que conquistou a prata nos Jogos Olímpicos da Juventude de Cingapura/2010 e foi campeão mundial juvenil em Barcelona/2012. Thiago recebeu como prêmio uma barra de ouro de 1kg. "Gostaria de agradecer a todos que me deram suporte desde o início da minha carreira, porque isso foi fundamental. Agradeço ao Elson Miranda, que foi quem me revelou, e à Fabiana, que até me patrocinou por três meses. Essa conquista é muito significativa para mim, mostra a evolução do salto com vara do Brasil."


O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, comprometido com o desenvolvimento do Brasil pelo esporte, tem parceria com CAIXA, Pão de Açúcar, Prefeitura de São Caetano e Nike.



Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff