Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

Notícias

Sul-Americano Sub-18

Vinícius Rocha Moraes, do IEMA, ganha dois ouros no Sul-Americano Sub-18


Velocista de 17 anos é atleta do Instituto Elisângela Maria Adriano (IEMA), um dos núcleos de Categorias de Base apoiados pelo Clube de Atletismo BM&FBOVESPA


Wagner Carmo/CBAt
Vinícius (centro): ouro nos 100 m, com recorde do campeonato, e nos 200 m na Argentina


São Caetano do Sul - O velocista Vinícius Rocha Moraes, de 17 anos, foi campeão dos 100 m e dos 200 m no Campeonato Sul-Americano Sub-18 de Atletismo, disputado em Concórdia (Argentina), nos dias 12 e 13 de novembro de 2016. Vinícius é atleta do Instituto Elisângela Maria Adriano (IEMA), em São Caetano do Sul, um dos núcleos de Categorias de Base apoiados pelo Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. As conquistas de Vinícius foram destacadas pela Federação Internacional de Atletismo - a notícia no site da IAAF pode ser acessada aqui.


Vinícius venceu os 100 m com 10s36 (1,2 m/s), marca expressiva que coloca o jovem atleta na 6ª posição do ranking mundial da categoria Menor. O resultado, melhor de Vinícius na carreira (o anterior era 10s42, de setembro de 2016), também foi recorde da competição - brasileiro superou os 10s60 do panamenho Alonso Edward, obtidos em 2006. Nos 200 m, a vitória veio com o tempo de 21s41 (-3,9 m/s); o recorde pessoal de Vinícius é 21s08, obtido em maio de 2016.


O velocista disputou nesta temporada o Mundial Juvenil (Sub-20) de Bydgoszcz, na Polônia, em julho, e foi semifinalista dos 200 m. Antes, conquistou a medalha de ouro nos 100 m na Gymnasiade (Olimpíadas Escolares), na Turquia. Nascido em Jundiaí (SP), Vinícius começou a correr na escola e competiu pelo Clube Jundiaí antes de chegar ao IEMA, em 2015, onde é treinado por Valdemar Etsuo Nakaue.


Vinícius, que liderava o ranking sul-americano das duas provas, disse que esperava obter bons resultados na Argentina. "Eu estava muito bem treinado, muito confiante. Fui para a competição mostrar por que era líder do ranking. Consegui melhorar minha marca nos 100 m, e também corri para melhorar nos 200 m, mas o vento estava muito forte."

Apesar de estar no último ano da categoria Menor, Vinícius participou também de provas no adulto. "É bom para pegar experiência, mas tenho consciência de que não é a minha categoria. Vou mais tranquilo, sei que não é com grande responsabilidade de resultados, de vencer. Esse ano foi muito legal, não tenho como explicar."

O Brasil foi campeão do 23º Campeonato Sul-Americano Sub-18 ao somar 310 pontos, ficando à frente de Chile (188,5 pontos) e Argentina (161 pontos). A delegação nacional teve 35 atletas (18 mulheres e 17 homens). A seleção foi convocada após a disputa do Campeonato Brasileiro Caixa Sub-18 Interseleções, em outubro, na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo.


O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, comprometido com o desenvolvimento do Brasil pelo esporte, tem parceria com CAIXA, Pão de Açúcar, Prefeitura de São Caetano e Nike.



Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff